<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d36419265\x26blogName\x3dArq+Moderna+2005\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://arqmoderna2005.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://arqmoderna2005.blogspot.com/\x26vt\x3d7485431128565000390', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Arq Moderna 2005
Blog da Turma 2005 de Arquitectura da Universidade Moderna de Setúbal

Cinema e TV ... quem te vê?! -- Nº2






Depois de duas semanas de exaustivo descanço e descontração está de volta o artigo por quem a sociedade clama e que a crítica venera....

Não há melhor maneira de ressacar das notas do primeiro semestre do que falarmos de tv e cinema.

Depois de através do primeiro artigo (Séries, um caso sério) descobrirmos que devoramos séries telivisivas como quem devora um BigMac, esta semana quero ver toda a gente a falar ( e escrever)! Como? Simples... Sendo a televisão um meio de comunicação de massas, essas mesmas massas tendem para assimilar muita da informação que dela retira.... e não, por isso esta semana o artigo tem o nome de....... ONDE É QUE JÁ OUVI ISTO?!





São inumeras as vezes que quando estamos sentados, ou no aconchego do nosso sofá ou no conforto (ás vezes) de uma sala de cinema, e "esbarramos" em frases ou expressões que nos ficam no ouvido. Depois de as ouvirmos mais que uma vez, algumas delas começam a "integrar" o nosso vocabulário do quotidiano. Senão vejamos... Muito recentemente o fenómeno dos GATO FEDORENTO trouxeram para a praça pública variadas expressões que desde logo foram assimiladas maioritariamente pelos jovens portugueses. "AHH e tallllll ... porque são jovens" ou "Ennaa paaa c`ummm catanoo" são utilizadas muitas vezes em situações muitas vezes ligadas ao diálogo entre jovens ou comentários de cariz cómico. Os programas de comédia são uma fonte de expressões famosas, para além do Gato Fedorento lembro-me do Herman e do seu: "ÈS tão boa...és tão boa" ou do mais recente "Beijinho Bommm". Aliás Herman e o seu vasto numero de personagens dão um imeso contributo a este tema, tal como os gatos fedorentos da nova fornada de comediantes.

Questionando pessoas com mais idade (ou não) muitas vezes eles recordam frases que ainda recordam com carinho e saudade, como por exemplo a frase mencionada pelo Eng. Sousa Cardoso no programa TV RURAL "Despeço-me com amizade..." ou do famoso concurso da rtp, o 1,2,3 e da frase "1,2,3...diga lá outra vez". Mais tarde na sic o celebre "Roda dos milhões ...boa noite" que nos fazia correr para o telefone. Frases como estas são repetidas vezes sem conta e entram no nosso imaginário... e ainda o ocupa.
No cinema passa-se o mesmo. Mesmo que não queiramos, acabamos por ouvir a expressão em qualquer lugar, em qualquer altura. A mais famosa deve ser a que pertence ao agente secreto mais famoso do planeta e arredores, James Bond. Apesar das mudanças de actor principal ou da evoluçao da industria cinematografica a expressão "My name is Bond...James Bond". Como estas existem imensas que nos acompanham quase sem nos apercerbermos...sempre connosco como uma sombra e no momento exacto utilizamos, quer na brincadeira, quer porque não nos conseguimos separar delas.
Mas afinal porque é que estas expressões nos acompanham diáriamente? Porque utilizamos essas expressões ou frases? Pois é esta a dificilima pergunta que coloco esta semana.... e já agora que frase ou expressão anda a vaguiar nas vossas mentes de futuros arquitectos? Não dói nada comentar... é mais fácil que olhar para o painel com as notas do semestre e não rezar a todos os santinhos e mais algum ;-)
A NÃO PERDER: "Lost - Perdidos" 3ª temporada chega aos nossos ecrãns domigo dia 25 pela 15h (ena ena hora acessivel) na rtp1 e logo com quatro episódios.... não podemos perder a embalagem ;-) Fora de portas o "Musica e Letra" de Marc Lawrence já está entre nós (como quem diz em setubal) e tem sido um estrondoso exito de bilheteiras no estrangeiro...
ZAPPING:Alternativa à monotonia a FOX da tv-cabo é bastante apetecivél...para quem tem tv por cabo. Para quem não tem lá tem de esperar mais uma semanita até chegar via rtp1 ou 2, sic e tvi. enfim...
INIMIGO-PUBLICO:Se por cada repetição que surgisse na tv (muitas vezes mais que uma vez) ganha-se um euro, já tinha a Universidade paga.... e ainda bebia um cafezito de borla. Repetiçao de manha, a tarde e a noite....assim minha "querida" tv....ninguem te vê!